Olá, minhas queridas!

Vou te contar hoje o que nunca fazer se você está verdadeiramente despachar o medo de dirigir da sua vida.

Toda vez na vida que queremos superar alguma coisa ou ganhar uma nova habilidade, costumamos pôr o foco no processo e todos os perrengues que temos que passar para chegar lá.

Conclusão sua mente e seu cérebro não vão nem se mexer para te dar energia e motivação natural para você fazer o que tem que fazer e muito menos para você se manter no caminho.

Quando estipulamos metas assim de maneira racional, exemplo: em 5 de outubro vou estar dirigindo.

Você pode até sentir um motivação de momento, mas ela não se sustenta.

Motivação é excelente, mas ela não se sustenta por si só.

Para você estipular uma meta de uma forma que seu cérebro e mente se movam para entrar no jogo e te ajudar, você precisa estipular a meta:

Primeiro focando no que quer alcançar e não no processo para alcançar imaginando você de posse da meta já atingida, ou seja você dirigindo.

Segundo para que seu cérebro entenda e te entregue energia para você entrar em ação e fazer a coisa acontecer, você precisa por emoção na sua meta.

Uma coisa é dizer.

Em 5 de outubro eu vou estar dirigindo.

Outra muito diferente é dizer.

Em 5 de outubro eu vou estar dirigindo, porque quero me sentir, incrível, confiante,capaz de tudo nessa vida, com liberdade, vou ter orgulho da minha conquista…e como eu brinco com minhas alunas vai se sentir a própria Arrasiany kkkk

Você aí estipule a meta que faz sentido para você, as vezes dirigir em vez de bater no seu coração como Liberdade, pode fazer seu coração vibrar com o sentimento de Segurança e tá tudo bem.

Isso faz toda diferença, porque temos uma área no nosso cérebro chamada Sistema Límbico e ela é responsável entre outras coisas por nossas emoções e memórias emocionais.

Essa área tem arquivado emocionalmente que você tem medo de dirigir então você precisa ativá-la, usando outra emoção forte e poderosa e maior que o medo de dirigir.

Então estipule sua meta com doses gigantes de boas emoções, em relação a como você vai se sentir ao chegar lá e não com foco na necessidade de chegar lá.

Tem gente que faz a seguinte frase…

Preciso dirigir porque é necessário.

Combinado é necessário ninguém duvida, agora me diz tem coisa mais insossa e chata de ter que superar uma coisa tão importante como um medo, dizendo que é necessário?

Seu cérebro vai receber e te devolver a seguinte frase.

Cruzes que chatice, prefiro ficar com o medo mesmo, pelo menos tem mais emoção.

Então de hoje em diante, qualquer meta ou superação que precise ganhar uma energia de verdade, descubra antes…

O que faz seu coração vibrar, como você quer se sentir, imagine a cena e sinta que já é real, já é seu, ponha emoção na sua meta e faça seu cérebro se mexer pra te ajudar!

Porque você pode mudar tudo o que quiser

Está tudo na sua mente!

Dirija seu carro, Dirija sua vida!

Com amor

Fernanda.

Quer perder o medo de dirigir de um jeito que seu cérebro entenda? 

Acesse www.dirijasuavidaagora lá lá lá